Data: 01/10/2020 11:12 / Autor: Redação / Fonte: Itaú Cultural

Itaú Cultural comemora os 15 anos do Grupo 3 de Teatro

Integralmente virtual, a programação leva ao público os três espetáculos mais recentes da companhia criada por Débora Falabella, Gabriel Fontes Paiva e Yara de Novaes


Love Love Love
Love Love Love

Crédito: João Caldas Filho

Em comemoração aos 15 anos de criação do Grupo 3 de Teatro, o Itaú Cultural recebe a companhia em sua programação teatral online ao longo do mês, festejando a data em cena, virtualmente. Dividindo a tela com o público, o grupo é o convidado de toda a atividade cênica do Palco Virtual de outubro. Nas três primeiras terças-feiras, a partir do dia 6 de outubro, apresenta, ao vivo, o espetáculo Contrações. Na última semana do mês, exibe o registro do premiado Love, Love, Love. Por sua vez, a peça Neste Mundo Louco, Nesta Noite Brilhante ganha formato de websérie, dividida em cinco episódios dirigidos pelo fotógrafo, cineasta e documentarista João Wainer em parceria com a companhia que estreiam no site da instituição, www.itaucultural.org.br, às sextas-feiras. A ação especial conta, ainda, com o lançamento de um livro digital sobre essa trajetória, assinado pelo crítico Valmir Santos, com apoio do Itaú Cultural.

“Quinze anos é uma data muito simbólica. É bonito de ver o quanto a gente produziu e como fomos nos modificando”, comemora Débora Falabella, fundadora do grupo ao lado do diretor artístico Gabriel Fontes Paiva e da também atriz Yara de Novaes. “Fazer esse aniversário neste momento nos exigiu uma reinvenção que transformasse as coisas que já tínhamos em outro tipo de espetáculo. Tivemos de fazer um repertório com uma cara nova para este momento que exige um formato digital. Apesar das dificuldades, nos sentimos muito estimulados pela necessidade de criar”, conclui ela.

Digital

A programação, pensada com um olhar voltado ao passado, presente e futuro da companhia, tem início com um recorte atual destes três pilares nas apresentações ao vivo e online da peça Contrações, nos dias 6, 13 e 20 de outubro (terças-feiras), às 20h, no Palco Virtual, do Itaú Cultural. A releitura para o digital deste espetáculo, com texto de Mike Bartlet e direção de Grace Passô, estreado em 2013, acontece via Zoom.

A peça se passa no escritório de uma grande corporação, onde a gerente, vivida por Yara, solicita que a funcionária Emma, personagem de Débora, leia em voz alta uma cláusula do contrato que proíbe os colaboradores de qualquer relação sentimental ou sexual com outro colega da empresa. Nos encontros seguintes, a gerente libera suas diferentes facetas para manipular Emma, que, para manter o emprego, se rende e prejudica sua vida privada.

Além de uma resposta criativa da companhia ao momento de suspensão social, esse olhar para o tempo presente a partir da peça Contrações, segundo Paiva, extrapola, ainda, a mudança na forma de apresentação da peça. “Mais do que fazer uma versão online do espetáculo, pretende-se, com essa obra, dialogar sobre as relações abusivas no trabalho, o momento atual de distanciamento e o lugar em que o teatro se encontra neste contexto”.

As comemorações aos 15 anos do Grupo 3 no Palco Virtual reservam para o dia 27, última terça-feira de outubro, a exibição do registro em vídeo de Love, Love, Love, espetáculo estreado em 2017, indicado para 15 premiações e vencedor do Shell e do Questão de Crítica.

Neste texto, também do dramaturgo inglês Mike Bartlet e com direção de Eric Lenate, Débora e Yara dividem o palco com Augusto Madeira, Alexandre Ciolleti e Mateus Monteiro alternando-se na interpretação dos personagens ao longo dos diferentes períodos da trama. Em cena, uma família conta a história de sua geração, abordando criticamente o contexto político e social de uma época, descrevendo idiossincrasias e personalidades da família, além de demonstrar como as pessoas são modificadas pelo tempo em que vivem.

A ação começa em 1967, na noite da primeira transmissão ao vivo de TV via satélite. Sandra, recém-ingressada na universidade, marcou um encontro com Henry, mas está interessada por seu irmão mais novo, Kenneth. Os anos passam e em 1990 eles estão confortavelmente vivendo outra realidade: são classe média, negligentes com os filhos e em um casamento prestes a ruir.

O grande momento, no entanto, é o último ato, em 2011, em uma reunião de família, quando a filha do casal, que foi uma violinista promissora e agora está muito frustrada, joga sobre eles e sua geração de paz e amor a responsabilidade pelo fracasso da geração dela: “Você não alterou o mundo, você o comprou”, acusa.

Websérie

O Grupo 3 lança um olhar para o futuro dentro dessa programação comemorativa com a estreia da websérie Neste Mundo Louco, Nesta Noite Brilhante + Conversas com Heroínas do Mundo Real, que o Itaú Cultural exibe em cinco episódios em www.itaucultural.org.br, nos dias 16, 23 e 30 outubro e 6 e 13 de novembro (sextas-feiras), sempre às 18h. 

Dirigida pelo fotógrafo, cineasta e documentarista João Wainer em parceria com a companhia e com apoio do Itaú Cultural, além de fazer uma versão online do espetáculo Neste Mundo Louco, Nesta Noite Brilhante, a série explicita os caminhos que seus artistas percorreram para fazê-la. 

A peça estreou no final de 2019, em São Paulo, com texto de Silvia Gomez, direção de Paiva e com Débora e Yara no elenco. Na trama, enquanto aviões de várias partes do mundo decolam e aterrissam, a vigia do KM 23 de uma rodovia abandonada encontra, jogada no asfalto, uma garota que delira após ser violentada naquela noite estrelada. 

Na versão atual, dividida em episódios de aproximadamente 30 minutos, a autora Silvia Gomez faz a apresentação da série, cuja narrativa é composta por cenas de ensaio do grupo e discussões do processo de mesa, além do espetáculo filmado em estúdio com fotografia de cinema e reminiscências teatrais. Ao final de cada episódio, uma heroína contemporânea conta sua história e fala sobre o trabalho que tem realizado para fazer de seu entorno um lugar melhor.

Livro

Além de voltar o olhar para o presente e o futuro, a companhia festeja com um resgate do passado em 15 anos do Grupo 3 de Teatro, catálogo digital com registros dessa trajetória, a ser disponibilizado para o público no dia 6 de outubro (terça-feira). 

O jornalista e pensador teatral Valmir Santos conta essa história, a qual acompanha desde a estreia do grupo, como repórter especializado em teatro, até os dias atuais, como curador e crítico. O design é da artista visual Patrícia Cividanes.

Para Gabriel Paiva, “uma data tão significativa como essa faz a gente pensar sobre o passado e o quanto percebemos que nossa história artística e de vida se confunde com a própria história do Grupo. E o quanto é recompensador ter um trabalho recorrente do outro, e poder criar uma trajetória de continuidade no meu processo artístico e de criação, assim como no caminho de vida e tudo o que vivemos juntos”

A publicação parte do acervo da companhia, composto por registros dos principais fotógrafos do teatro brasileiro, vídeos de teaser de espetáculos, exposições de trabalho e entrevistas, além de programas, catálogos e registros de processos. Trata-se de uma linha do tempo permeada de ilustrações e histórias de um grupo que percorreu o país com seus espetáculos sempre partindo de uma dramaturgia potente. 

História

“Um grupo de teatro serve para muitas coisas, entre elas, a certeza de que o resultado não deve ser a sua meta como artista. O Grupo 3 tem me formado nessa matéria. O que mais vale é o movimento, a memória e a resistência”, reflete Yara sobre os anos de trabalho em conjunto com a companhia.

O Grupo 3 de Teatro entrou pela primeira vez em cena no dia 7 de setembro de 2005, quando estreou o espetáculo A Serpente na Casa de Cultura Laura Alvim, no Rio de Janeiro. Foi o passo inicial de uma trajetória, que nos últimos 15 anos soma a realização de seis montagens teatrais consagradas por premiações, críticas e público. Foram mais de mil apresentações nas cinco regiões brasileiras, passagens por mais de 50 cidades de 20 diferentes estados, além de apresentações no exterior.

Desde 2010, realizam ações sistemáticas de formação de plateia, que já contemplaram 80 periferias de todo o país. As ações formativas e projetos em outras linguagens também foram destaque na pesquisa da companhia, a exemplo da Mostra Contemporânea de Arte Mineira, que levou a São Paulo uma programação com mais de 300 artistas mineiros nas mais variadas linguagens – da exposição Murilo Rubião, O Reescritor Fantástico, dedicada ao jornalista mineiro Murilo Rubião (1916-1991), até a publicação da tradução do texto dramatúrgico O Continente Negro, do chileno Marco Antônio de La Parra.

Os seis espetáculos que compõem o repertório da companhia foram consagrados por premiações e críticas e pelo público e até hoje se alternam entre temporadas e excursões. São eles: A Serpente (2005) e O Amor e Outros Estranhos Rumores (2011), ambos com direção de Yara de Novaes, além de O Continente Negro (2007), encenado por Aderbal Freire Filho; Contrações (2013), por Grace Passô; Love Love Love (2017), por Eric Lenate, e Neste Mundo Louco, Nesta Noite Brilhante (2019), de Silvia Gomez, com direção de Gabriel Fontes Paiva.

PROGRAMAÇÃO:

Palco Virtual

6, 13 e 20 de outubro (terças-feiras), às 20h

Contrações Online (2020)

Apresentações seguidas de bate-papo ao vivo com o grupo

Duração: 70 minutos

Classificação indicativa: 14 anos - Linguagem imprópria | Violência psicológica

Local: via plataforma Sympla/Zoom

Capacidade 270 lugares

27 de outubro (terça-feira), às 20h

Love, Love, Love

Exibição seguida de bate-papo ao vivo com o grupo

Duração: 130 minutos

Classificação indicativa: 16 anos - Drogas | Linguagem imprópria

Local: via plataforma Sympla/Zoom

Capacidade: 270 lugares

16, 23, 30 outubro e 6 e 13 de novembro, às 18h

Websérie Neste Mundo Louco, Nesta Noite Brilhante 

Classificação indicativa: 16 anos - Violência, Estupro | Indução ao consumo de drogas ilícitas

No site do Itaú Cultural (www.itaucultural.org.br)

Episódios disponíveis para serem assistidos até dia 4 de dezembro

Palco Virtual 

Início das reservas de ingressos online, sempre a partir das 12h, para os espetáculos:

Contrações

25 de setembro (quarta-feira) para a apresentação de 6 de outubro 

30 de setembro (quarta-feira) para a apresentação de 13 de outubro

7 de outubro (quarta-feira) para a apresentação de 20 de outubro

Love, Love, Love

14 de outubro (quarta-feira) para a exibição de 27 de outubro  

* No site do Itaú Cultural encontra-se o passo a passo para reservar o ingresso e acessar ao espetáculo.

Neste Mundo Louco, Nesta Noite Brilhante - Websérie

No site do Itaú Cultural: www.itaucultural.org.br

Comente aqui