Data: 25/11/2020 11:03 / Autor: Kreitlon Pereira / Fonte: Via Streaming

Via Streaming – “A Vida Gira “ - Em duas rodas

Na produção original Netflix “A Vida Gira”, um jovem zimbabuense se refugia na Cidade do Cabo depois de testemunhar o assassinato dos pais


No dia 27 de novembro, estreia na Netflix o filme sul-africano "A Vida Gira". O longa, que demorou 15 anos e mais de mil rejeições para ser efetivamente transformado em uma produção cinematográfica, conta com a direção do aclamado zimbabuense Sunu Gonera. Vencedor do prêmio de Ouro do festival Cannes Lions, Gonera conseguiu construir uma carreira impressionante em pouco tempo, iniciando sua trajetória com o lançamento do filme "Pride" (2007). Além disso, o diretor é um nome muito importante no multifacetado movimento do afrofuturismo, que resgata na ficção as histórias, mitologias e cosmologias africanas e as combina com elementos tecnológicos. O filme "Pantera Negra" é um grande representante desse movimento.

O filme "A Vida Gira" conta a história de Joshua (Charles Mnene), um jovem de Zimbábue que tinha um ótimo desempenho acadêmico e um futuro brilhante pela frente. Seu sonho é vencer um campeonato de ciclismo para, assim, conseguir uma vida melhor. Porém, seus sonhos são destruídos depois de testemunhar o assassinato de seus pais em um conflito na região. Desamparado, Joshua vai para a Cidade do Cabo (África do Sul) em busca de refúgio. Lá, encontra Mambo (Hakeem Kae-Kazim), um professor misterioso que oferece abrigo e trabalho para jovens refugiados de todo o continente africano. 

Mesmo atormentado pelas lembranças do passado, Joshua não desiste de se tornar um profissional de BMX (bicicross) e continua treinando com sua bicicleta pelas ruas da Cidade do Cabo, mesmo depois de ser atropelado por um carro em uma de suas pedaladas. Em meio a tudo isso, Joshua vai conhecer Olivia (Simona Brown), uma talentosa dançarina de família rica que irá apresentá-lo a um universo totalmente desconhecido. "A Vida Gira" é um filme que discorre sobre o processo de amadurecimento e de descoberta da sua própria identidade, mostrando o quanto o resgate ao passado e da história de sua própria família são importantes na construção de um indivíduo.

Crédito: Divulgação

Comente aqui