Data: 12/01/2021 11:24 / Autor: Redação / Fonte: Secretaria de Cultura

ViradaSPOnline traz show de Leci Brandão e Grupo Sampagode

Evento acontece neste final de semana em parceria com a cidade de Guaratinguetá e a transmissão das atrações será pela plataforma #CulturaEmCasa


#ViradaSPOnline traz show de Leci Brandão e Grupo Sampagode juntos no Teatro Sérgio Cardoso
#ViradaSPOnline traz show de Leci Brandão e Grupo Sampagode juntos no Teatro Sérgio Cardoso

Crédito: Divulgação

A segunda edição do ano de 2021 da #ViradaSPOnline, iniciativa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e com gestão da Organização Social Amigos da Arte, acontece no sábado, dia 16 janeiro a partir das 12h em parceria com a cidade de Guaratinguetá. O evento será transmitido ao vivo do Teatro Sérgio Cardoso pela plataforma #CulturaEmCasa com apresentação da cantora Leci Brandão e do Grupo Sampagode que sobem juntos ao palco para mais um show, às 19h30. Ainda ao vivo no Teatro Sérgio Cardoso apresentam-se o cantor Sapopemba com seu álbum Gbó e a cantora norte-riograndense, Potyguara Bardo.

(Confira a programação abaixo) .

A cidade de Guaratinguetá foi selecionada a partir de chamada pública realizada por intermédio do programa #JuntospelaCultura e desta vez, como objetivo do programa, o público poderá conhecer um pouco mais da cultura e peculiaridades da cidade selecionada. Dentre as particularidades estão a proximidade com a cidade de Aparecida, antigo distrito de Guaratinguetá emancipada em 1928 e o fato de Guaratinguetá ser a cidade de Frei Galvão, santo brasileiro canonizado em 2007.

Todos os principais aspectos culturais da Cidade serão apresentados por meio de atrações com artistas e grupos locais como o Jongo do Tamandaré filmado dentro da comunidade do Bairro do Tamandaré e mostra a tradição dos pontos até a sua evolução, apresentação e entrevistas com o grupo Seresteiros de Guaratinguetá, entrevista com a representante dos artistas de guaratinguetá, Tereza Maia e com o Mestre de Capoeira, Calango, além da captação de imagens da casa Frei Galvão.

Além de Guaratinguetá, foram selecionados os seguintes municípios por intermédio do #JuntospelaCultura2020: Araçatuba, Santa Bárbara D´Oeste, Marília, Caraguatatuba , Bauru, Indaiatuba, Itapetininga, Mauá, Peruíbe, Presidente Prudente, Rio Grande da Serra, São José do Rio Preto, Sertãozinho e Votuporanga.

Com a impossibilidade de realizar o evento presencialmente, a Secretaria reformulou a proposta para fazer a Virada SP no formato virtual, de modo a manter o evento. Em 2020 ano, a primeira foi realizada em parceria com a cidade de Salto. E a segunda com municípios do Vale do Futuro - Iporanga Registro, Apiaí e Eldorado. Além dos artistas locais, os eventos reuniram várias atrações como Elza Soares, Paulo Miklos, Amilton Godoy, Ellen Oléria, Pato Fu, Pitty e Garotos Podres. Também foram realizadas outras cinco #ViradasSP Online em parceria com as cidades de Rio Grande da Serra, Marília, Santa Bárbara D´Oeste e Araçatuba e Caraguatatuba com participação de artistas como Letrux, as bandas Mato Seco, Pedra Branca, Supla, Benito de Paula, Ana Cañas e Karol Conka, Rolando Bodrin, Roberta Campos, Margareth Menezes, entre outros.

"O formato digital, via plataforma #CulturaEmCasa, permite difundir amplamente e de forma gratuita a produção cultural das mais variadas linguagens de todas as regiões de São Paulo para o restante do Brasil e para outros países, além de apresentar e destacar as características turísticas de cada cidade selecionada no programa #JuntospelaCultura. E este é o objetivo tanto da #ViradaSP Online como da plataforma", afirma Danielle Nigromonte, diretora-geral da Amigos da Arte.

Sobre a plataforma #CulturaEmCasa

A plataforma #CulturaEmCasa foi lançada no dia 20 de abril pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo. Seu objetivo é ampliar o acesso da população a conteúdos culturais de qualidade, 100% gratuito. Nos seis primeiros meses, registrou cerca de 2,5 milhões de visualizações e 2 mil conteúdos disponibilizados. A plataforma reúne também conteúdos inéditos das instituições da Secretaria, entre as quais a OSESP, a Jazz Sinfônica, a Pinacoteca, o Museu da Imagem e do Som, o Museu do Futebol, o Museu da Diversidade Sexual, a São Paulo Companhia de Dança e o Projeto

Guri. O conteúdo também é gerado por instituições parceiras e por artistas e produtores culturais independentes, que são remunerados pelo licenciamento. Trata-se, portanto, de um instrumento de geração de renda e oportunidades para o setor cultural e criativo de São Paulo. Na plataforma também é possível acessar a programação especial, transmitida em novembro, mês da Consciência Negra. Entre as principais atrações estão o I Festival Cinema Negro em Ação, o lançamento do Museu Itamar Assumpção (MU.ITA), com show de Anelis Assumpção.

Realizado também pela plataforma, o Festival #CulturaEmCasa apresenta lives de artistas representativos da diversidade cultural de São Paulo, como Renato Teixeira, José Celso Martinez Corrêa, Supla, Sérgio Mamberti, Tom Zé, André Abujamra, Cássio Scapin, Erasmo Carlos, o pianista Marcelo Bratke, Paula Lima e Alaíde Costa, Digão (Raimundos), João Suplicy, Lucy Alves e Rodrigo Penna, Dom Salvador e Bavini.

Há também as lives do Intensivão #CulturaEmCasa. O Intensivão é uma série de aulas e palestras com temas diversos relacionados à arte e à criatividade. Já participaram nomes como Marcelo Tas, Débora Tabacof, Estéfi Machado, Ivam Cabral, Rita Von Hunty e Dona Jacira, Paulo Jackson (do Museu Catavento), Renata Lipia, William Coelho e Rogério Zaghi (Osesp), Moreira de Acopiara, Donny Correia, entre outros.

Ainda no formato live, a plataforma #CulturaEmCasa também lançou no dia 29 de junho, o programa #DiálogosNecessários, que reúne pensadores e profissionais de diversas áreas para reflexões plurais com abordagens diversificadas e antagônicas. Os encontros são moderados pelo ensaísta e professor de Literatura João Cezar de Castro Rocha e pelo jornalista Martim Vasques da Cunha. E de setembro a outubro, a plataforma exibiu o #SPGastronomia com lives de renomados Chefs, como André Boccato, Morena Leite e Mohamad Hindi.

Programação:

ViradaSP Online Guaratinguetá

Dia 16 de janeiro

Virada SP Online Guaratinguetá

12h: Início da transmissão

12h30: B.E.C.O (B.boys em Construção Original), com Grupo Zumb.boys

13h30: Dança em duo - corpos no mundo

14h30: Breve Panorama da Literatura Vale-paraibana, com Tiago Feijó, Wilson Gorj e Robson Hasmann.

15h30: Associação Cultural Moçambique e Congada Vermelho e Branco de São Benedito.

16h: Gb?´ - Sapopemba

17h30: Jongo da Tamandaré - a tradição dos pontos e sua evolução

18h30: Aí penduro meu vestido - amores de Frida Khalo

19h30: Sampagode covida Leci Brandão

21h: Samuca e a Selva

22h30: Celloop tour 2021 - Christian Grossefinger

23h30: Potyguara Bardo

Serviço:

Plataforma:

https://www.culturaemcasa.com.br

Comente aqui