Data: 30/11/2021 09:36 / Autor: Redação / Fonte: Copa Truck

Copa Truck: 3 finalistas decidem o título em Curitiba

Etapa final da temporada 2021 acontece na capital paranaense. Largada acontece às 11h10 e terá transmissão ao vivo de Band, canais SporTV e YouTube


Crédito: Vanderley Soares / P1 Media Relations

O Autódromo Internacional de Curitiba recebe neste final de semana a definição do título de 2021 da Copa Truck. A disputa está entre três pilotos e duas marcas: a Mercedes-Benz com o líder André Marques (227 pontos) e o vice-líder Wellington Cirino (213), e a Iveco com Felipe Giaffone (209 pontos). A largada acontece às 11h10 deste domingo (5) e as duas corridas serão transmitidas ao vivo neste domingo (5) por Band, canais SporTV e o canal oficial da Copa Truck no YouTube.

O líder André Marques é o que alimenta maiores chances. Na liderança com 227 pontos, o paulista da AM Motorsport venceu seis corridas na temporada, conquistou duas pole positions e liderou 69 voltas durante o ano. A seu favor, o fato de ter vencido as duas corridas da sétima etapa, há dois meses também em Curitiba.

Seu companheiro de equipe, o experiente Wellington Cirino, venceu uma corrida, fez duas poles e liderou 50 voltas. Ele soma 213 pontos. Já Felipe Giaffone, terceiro colocado, é o último da tabela que possui chances matemáticas de título, dependendo de outras combinações de resultado. Com 209 pontos, ele venceu duas provas e liderou 21 voltas.

O fato é que a pista de Curitiba sempre proporciona boas disputas entre os caminhões da Copa Truck e com pontos exigentes de frenagem, especialmente nas curvas 1 e 3. Na primeira, a frenagem acontece a 200 metros do final da longa reta de quase um quilômetro, onde os brutos chegam a 170 km/h (logo após a retomada de aceleração do radar obrigatório de 160 km/h) e reduzem para contornar a curva 1 a 75 km/h.

Ao final da reta oposta, os pilotos reduzem a velocidade em 95 km/h, fazendo os trucks baixarem de 180 km/h  para 85 km/h e apenas cinco segundos percorrendo uma distância de meros 180 metros com o pé no freio.

A nona e última etapa da temporada acontece em um dos circuitos mais icônicos do país, e que recebe seu último evento de automobilismo. O autódromo será fechado em 2022 e dará lugar a um empreendimento imobiliário.

Comente aqui