Data: 22/10/2021 19:52 / Autor: Redação / Fonte: Prefeitura de Diadema

GCM de Diadema capacita mais 30 agentes ambientais

O curso de capacitação dos GCMs somou 40 horas e foi coordenado pela Semasu


Crédito: Adriana Horwath / PMD

A formatura da primeira turma de 30 agentes ambientais da Guarda Civil Municipal (GCM) de Diadema ocorreu hoje, 22/10, no Jardim Botânico, localizado no bairro Inamar. A solenidade contou com a presença do prefeito José de Filippi Júnior.

O objetivo imediato da Prefeitura é que esse grupo de GCMs intensifique a fiscalização ambiental, inibindo e punindo crimes contra o meio ambiente, como descarte irregular de lixo, entulho e bagulhos, entre outros. Posteriormente, esse pelotão especializado vai permitir criar e instalar a futura Inspetoria Ambiental da GCM de Diadema.

Se dirigindo aos formandos, o prefeito Filippi fez questão de destacar que o município de Diadema é a maior densidade demográfica do país e, por isso, precisa proteger o meio ambiente para garantir melhor qualidade de vida a esse grande contingente populacional.

“Não adianta apenas ter a lei ambiental. Precisamos do trabalho da GCM para o respeito à legislação do meio ambiente. E para esse trabalho queremos sempre contar com a parceria da Polícia Militar e da Polícia Civil”, afirmou o prefeito de Diadema, José de Filippi Júnior.

Durante a cerimônia, o prefeito Filippi reafirmou o compromisso da sua gestão com a preservação e ampliação das áreas verdes do município. “Como a Prefeitura está fazendo negociações que vão resultar na criação de novos parques públicos, vamos precisar do empenho ambiental da GCM para cuidar e proteger esse patrimônio”, disse aos formandos.

O evento também foi prestigiado por outras autoridades como secretários municipais, vereadores, um representante do 24º Batalhão da Polícia Militar, o comandante GCM Fonseca, além de outros dirigentes da Prefeitura.

A oradora do grupo foi a GCM Ana Rosa, única mulher entre os formandos. “É honroso estar nessa primeira turma, mas torcemos para que muitas outras estejam por vir. Prometemos trabalhar com empenho para uma cidade cada vez melhor”, disse.

O secretário municipal de Meio Ambiente e Serviços Urbanos, Wagner Feitoza, o Vaguinho, aproveitou para afirmar que o apoio policial da GCM é fundamental para as ações da pasta, principalmente na área da fiscalização. Ele agradeceu também aos professores e palestrantes que contribuíram com seus conhecimentos técnicos para o sucesso do curso ambiental. Para finalizar, Vaguinho destacou o apoio da Câmara Municipal as matérias ambientais apresentadas pela Prefeitura.

Para o secretário municipal de Segurança Cidadã, Benedito Mariano, essa turma de formandos é o embrião da futura Inspetoria Ambiental da GCM de Diadema. Segundo ele, a instalação deverá ser no Parque Ecológico Eldorado e, com isso, vai dar mais proteção ambiental para a região do manancial Billings.

“Quando assumimos em janeiro, a GCM estava com apenas quatro guardas ambientais. Agora, com esse curso de capacitação técnica já podemos contar com 30 GCMs especializados para atuar em prol do meio ambiente”, comemorou o secretário Mariano.

A fiscalização ambiental previne, autua e pune crimes como despejo clandestino e irregular de lixo, entulho e outros resíduos, maus tratos a animais, poluição sonora, corte ilegal de árvores, entre outras agressões à natureza.

Importante destacar que a fiscalização ambiental protagonizada pela GCM de Diadema ocorre sempre em parceria com agentes fiscais da Semasu e com outros órgãos estaduais como a Delegacia de Crimes contra o Meio Ambiente e a Polícia Militar Ambiental.

Comente aqui