Data: 28/07/2021 13:35 / Autor: Redação / Fonte: Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo

Educação complementar é oferecida a alunos da Capital para estimular aprendizado

Ação tem como objetivo impulsionar a criação de negócios na Capital e incentivar a qualificação empreendedora para jovens


Crédito: Daniel Guimarães / EducaçãoSP

Ao longo de 2020, o número de jovens de 13 a 29 "nem nem" (que não estudam e não trabalham) aumentou de 35 milhões para 38 milhões, no país. Além disso, cerca de 50 mil adolescentes de 15 a 17 anos desistiram da escola para entrar no mercado de trabalho no ano passado e a evasão escolar saltou de 2% para 3,8%, no mesmo período*. Ao olhar para essa realidade, a prefeitura de São Paulo, por meio da Ade Sampa, agência vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, traz no retorno às aulas, o programa Google Startup In School. Com metodologia da startup Ideias de Futuro, a formação estimula o aprendizado porque dá acesso a competências tecnológicas, socioemocionais e empreendedoras, em formato de competição. Nesse caso, os alunos serão desafiados a criar uma startup focada no desenvolvimento de negócios de impacto social e de recuperação gerada pela crise socioeconômica, no pós-Covid.

As inscrições terminam no dia 15 de agosto, no site https://www.ideiasdefuturo.com/google. Podem se inscrever alunos das redes estadual, municipal, inclusive ETECs da cidade de São Paulo, matriculados do 9º ano do ensino fundamental ao último ano do ensino médio. A trilha de aprendizado vai de agosto a novembro e envolve premiação para alunos, professores orientadores, além de mentorias de aceleração.

"A Prefeitura tem tido uma atenção especial para o futuro do trabalho e as profissões do futuro. O empreendedorismo está em constante crescimento e sendo aderido por cada vez mais pessoas. Para ter um negócio consistente, é necessário que os donos de negócios sejam bem qualificados, e não poderíamos deixar de apoiar os futuros empreendedores da Capital, ainda mais neste período de retomada das aulas. Este programa tem como foco especial os alunos da rede de ensino pública, visando impulsionar o potencial empreendedor dos jovens e ajudá-los a desenvolver iniciativas inovadoras", declara a secretária de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, Aline Cardoso.

O curso, que será realizado totalmente on-line, conta com 40 horas - distribuídas em cinco semanas - poderá ser acompanhado por alunos surdos e com deficiência auditiva (com conteúdo em libras). Haverá também uma semana de lives abertas sobre empreendedorismo e tecnologia para todas as pessoas que queiram entender sobre o assunto. Nessa fase não é necessário ser estudante. Basta acessar o canal https://www.youtube.com/ideiasdefuturo

Com a pandemia, a Ideias de Futuro percebeu que o jovem que mora na periferia, que já possui uma desvantagem no acesso ao conhecimento, passaria a enfrentar um cenário ainda mais adverso. "Esse jovem precisou se reinventar para não desistir da escola e para projetar seu futuro e acesso ao mercado de trabalho. O desafio foi entender uma forma de manter o interesse e a confiança do jovem no seu aprendizado, oferecendo a ele conhecimento de alto impacto, que colabore com a sua empregabilidade tanto a curto como médio prazo", detalha Jaciara Cruz, diretora geral da Ideias de Futuro.

Assim, o Google Startup In School - Edição especial Prefeitura de São Paulo trará conceitos de inovação digital aos participantes, que serão desafiados a criar startups com impacto social para solucionar as dores socioeconômicas de quem perdeu o emprego, de quem precisa dar sobrevida ao seu pequeno negócio ou ainda para quem precisa melhorar seu desempenho, reinventar-se, considerando, principalmente, todas as particularidades do momento atual. Segundo a CNN Brasil, desde o início da pandemia, 89% dos pequenos negócios foram prejudicados. Além disso, de acordo com o Sebrae, mais de 600 mil empresas encerraram oficialmente suas atividades.

A trilha de aprendizado e a premiação

Os jovens selecionados passarão por etapas de pesquisa, ideação, prototipação, inovação e pitch (discurso) para defender sua startup, nas categorias Tecnologia Livre (para estudantes que já sabem programar e poderão escolher qualquer plataforma/ tecnologia de desenvolvimento para a startup) e App Inventor (para estudantes que ainda não tem conhecimento de programação e irão desenvolver seu protótipo seguindo as aulas técnicas do curso utilizando a plataforma App Inventor). Dez grupos apresentarão seu projeto na grande final e receberão mentoria de dois encontros, com especialistas do Google. A apresentação das dez ideias finalistas acontecerá em um evento on-line dirigido a uma banca de especialistas para pontuar e avaliar as propostas criadas. As duas mais bem avaliadas em cada categoria serão premiadas e receberão uma aceleração de cinco meses com mentores da Ideias de Futuro e especialistas, além de equipamentos para o desenvolvimento de seus projetos. Serão distribuídos smartphones para o grupo vencedor e kindles para o grupo que atingir a segunda colocação.

A história do Google Startup in School - Edição especial Prefeitura de São Paulo

O programa criado pela Ideias de Futuro foi o primeiro colocado do Projeto COVID-19 - Ciclo de Inovação Rápida - lançado em edital público pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, por meio da Ade Sampa - Agência São Paulo de Desenvolvimento.

Além de aporte financeiro, todos os dez programas selecionados receberam aceleração e mentorias durante três meses para oferecer soluções inovadoras com foco no combate aos efeitos econômicos negativos da crise do novo coronavírus.

Para Alexandre Campos, Diretor do Google for Education Brasil, o Google Startup in School - Edição especial Prefeitura de São Paulo é um programa valioso para os jovens desenvolverem suas competências empreendedoras como resolução de problemas, criatividade, planejamento, trabalho em equipe, protagonismo, entre muitas outras. Essas competências são essenciais para todo profissional do século XXI.

"Essa parceria é extremamente importante para unir forças para levar o mundo do empreendedorismo para quem ainda está começando a sua carreira. Estudos mostram que quanto mais jovem a pessoa começa a empreender, melhor será o desenvolvimento de novos negócios. A transformação empreendedora só será possível quando os jovens estiverem capacitados e com suas habilidades aprimoradas para criar e impulsionar as suas iniciativas", declara o diretor da Ade Sampa, Paulo Ribeiro.

Serviço

Google Startup In School - Prefeitura de São Paulo

Período de Inscrições: 07 de julho a 15 de agosto

Semana aberta de lives sobre empreendedorismo e tecnologia: 16 a 20 de agosto - www.youtube.com/ideiasdefuturo - às 19h

Início do curso: 23 de agosto

A grande Final: Em Outubro - serão 10 grupos finalistas e três grupos premiados.

Premiação: Os dois grupos mais bem avaliados em cada categoria (App Inventor e Tecnologia Livre) serão premiados e receberão uma aceleração de cinco meses, com mentores da Ideias de Futuro e especialistas. Além disso, serão premiados com smartphones (para o grupo vencedor) e kindles (para o grupo que atingir a segunda colocação). Os professores orientadores também serão premiados. Tanto os 5 professores orientadores dos grupos mais bem pontuados quanto os responsáveis pela maior quantidade de grupos concluintes receberão um vale presente no valor de R$150,00 cada, pelo empenho e apoio prestado durante o curso

*fonte: FGV Social, a partir dos microdados da PNADC (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua) Trimestral e IPEA (Instituto de Pesquisa Aplicada).

Comente aqui