Data: 06/05/2021 11:13 / Autor: Redação / Fonte: Fundação Dorina Nowill para Cegos

Fundação Dorina Nowill para Cegos dá continuidade à serie "Encontros"

Educação e atividades físicas é tema da serie "Encontros" deste sábado, dia 8


Crédito: Reprodução

Em celebração aos 75 anos, a Fundação Dorina Nowill para Cegos dá continuidade à serie semanal "Encontros" em seu canal do Youtube , com o apoio da Unibes. A edição deste sábado, dia 8, vai ao ar às 14h00, com a participação de Fernanda Bianchi do grupo Cia Ballet de Cegos e Pollyana Costa, educadora física. Elas trarão a importância de dançar e praticar exercícios físicos para promover uma vida mais saudável.

A convidada Ika Fleury, presidente do comitê do Programa Braille Bricks Brasil e membro do curador da Fundação, falará sobre o projeto que utiliza uma ferramenta lúdica, educativa e inclusiva voltada para a alfabetização de crianças com deficiência visual. Em homenagem ao Dia das Mães, os internautas ainda poderão conferir uma apresentação de serenata.

Além de informar e levar entretenimento, essa é mais uma ação da instituição para a arrecadação de fundos e manutenção de seus projetos em apoio às pessoas com deficiência visual. A meta a ser alcançada é de 75 mil reais e as doações podem ser feitas pelo site: fdnc.org/75anos

Durante o mês de maio, a série "Encontros" ainda terá mais dois episódios. No dia 15, irá ao ar o programa sobre acesso à informação. Na ocasião, estarão presentes a Dra. Eliana Cunha, que explicará os cuidados necessários com a saúde ocular, e o Grupo Libras AB, que irá abordar a importância da linguagem inclusiva. Para encerrar a atração, o nadador paralímpico Wendell Belarmino conta sobre o papel do esporte em sua vida e sua trajetória de superação.

O último episódio do especial será exibido no dia 22 de maio com o tema "inclusão". Alexandre Munck, superintendente executivo da Fundação Dorina, marca presença para falar sobre a importância de promover a acessibilidade para pessoas com deficiência visual. Já os atletas paralímpicos Phelipe Rodrigues e Bia Santana vão contar como a natação e a patinação de velocidade, respectivamente, mudou suas vidas. Para encerrar, esta edição terá uma apresentação musical do projeto MPB+, com dois integrantes cegos.

Comente aqui