Data: 21/09/2021 12:14 / Autor: Redação / Fonte: iCertus (fintech)

Falta de organização financeira é uma das principais razões para empresas falirem

CEO da fintech iCertus, Fábio Ieger destaca o valor de ter finanças organizadas para o sucesso de um negócio


finanças
finanças

Crédito: Reprodução

Para uma empresa atuar de forma plena, é necessário ter atenção em todos os setores, mas especialmente com o financeiro, que requer cuidados próprios para manter a saúde do negócio. É a partir desta área que toda a empresa vai se desenvolver, desde a gestão de colaboradores, os valores de serviços e produção, até os custos fixos. Com o caixa em dia, é possível crescer e faturar cada vez mais.

Fábio Ieger, CEO da fintech iCertus, ressalta a importância do planejamento financeiro para alcançar objetivos e ter uma empresa de sucesso. “Quando se trata de um negócio, é possível utilizar a analogia da carroça, sendo que alguns setores são responsáveis por fazê-la andar. Entre os setores que atuam como cavalos estão produção, compras e vendas, extremamente necessários para o desenvolvimento da empresa. O financeiro atua como o carroceiro, responsável por direcionar os cavalos para os lugares certos. É por esse motivo que a organização das finanças precisa receber atenção”, explica.

Os principais problemas de uma empresa costumam estar relacionados ao dinheiro. Muitas vezes o gestor não reconhece despesas ou mesmo não sabe o custo de um produto vendido, o que pode gerar um grande prejuízo a curto ou longo prazo.

Por essa razão, o primeiro passo para iniciar o processo da organização é a documentação de informações simples, como as compras realizadas, custo de matéria prima, pagamentos de funcionários e outros valores dos quais a empresa depende. Existem diversas ferramentas que podem ajudar a reunir esses dados para análise. “Atualmente é possível encontrar planilhas de controle e gestão financeira gratuitas na internet, o próprio Sebrae oferece esse tipo de conteúdo”, orienta o empresário.

A iCertus também possui um sistema próprio de gestão empresarial. Além da organização das finanças, também oferece controle de estoque, compras, vendas e até mesmo emissão de notas fiscais. Empresas que emitem até 20 notas mensais podem utilizar o software gratuitamente.

Segundo Fábio, a principal dificuldade dos gestores é o hábito de reconhecer e registrar valores nessas plataformas. “Não existe estudo de gestão financeira desde a escola e isso também impacta os hábitos de cada pessoa. Então é necessário buscar esse conhecimento e as ferramentas necessárias para mudar esses costumes, independentemente de ser pessoa física ou jurídica”, recomenda o CEO.

Para os pequenos empresários, uma das dicas de Fábio é diferenciar o lucro dos negócios do próprio salário porque, ao misturar os valores, o empreendedor pode acabar utilizando o dinheiro da empresa para fins pessoais. Além disso, ele ressalta a importância de um fluxo de caixa saudável e uma reserva para emergências.

Em casos de necessidade, também é possível optar por empréstimos com juros mais baixos, mas o especialista recomenda cautela. “É necessário saber onde o valor será aplicado, seja uma dívida, compra de insumos ou na organização, afinal essas informações são importantes para os credores. O crédito também pode ser utilizado para fazer investimentos na empresa, para que ela possa permanecer atuando de forma saudável”, ele finaliza.

Além de ferramentas tecnológicas para gestão de empresas, a iCertus oferece linhas de crédito especiais para empreendedores, com antecipação de recebíveis com uma das menores taxas de juros do mercado, que iniciam em 0,5% ao mês.

Comente aqui