Data: 29/07/2021 09:33 / Autor: Renata Nascimento / Fonte: PMD

Diadema promove palestras sobre importância de apoio e proteção ao Aleitamento Materno

Evento virtual amplia discussão com especialistas para estimular o aleitamento exclusivo até os seis meses e complementar até os dois anos


Crédito: Adriana Horvath

A partir da próxima terça-feira (03/08), a Prefeitura de Diadema, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), realiza a abertura da Semana Mundial de Aleitamento Materno (SMAM) 2021 do 7º Agosto Dourado de Diadema, mês dedicado a aumentar a conscientização da população sobre a importância do aleitamento materno para a saúde da mãe e do bebê e seus benefícios para a sociedade e o país. O evento será de forma virtual, pelo aplicativo Zoom, às 14h. Para acompanhar o evento, basta clicar no link

Após a abertura, o pediatra, especialista em homeopatia e membro do Departamento de Pediatria Ambulatorial e de Cuidados Primários da Sociedade de Pediatria de São Paulo (SPSP) Dr. Moises Chencinski fará a apresentação do tema da Semana: “Proteger a amamentação: uma responsabilidade de todos”. A participação ocorre a partir das 14h20, também pelo Zoom, no link 

Embora o aleitamento materno seja um ato entre mãe e bebê, todos que estão ao redor, como pais, avós, amigos, familiares e profissionais de saúde, podem e devem encorajar a mulher com apoio e acolhimento. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o aleitamento materno deve exclusivo até os seis meses e complementar até os dois anos. “Toda a comunidade precisa colaborar para proporcionar um ambiente propício para permitir que as mães amamentem com tranqüilidade. O 7º Agosto Dourado em Diadema amplia essa discussão e traz possibilidade e alternativas para que todos, de alguma forma, possa contribuir para a proteção do aleitamento”, ressalta a coordenadora da Atenção Básica do município, Maria Luiza Malatesta.   

A programação da SMAM segue até 6 de agosto e reúne palestras virtuais com especialistas da área. Na quarta-feira (04/08), o evento discute “Desafios do Manejo do Aleitamento Materno na Atenção Básica” com a Dra. Kelly Coca. A pós-doutorada pela La TrobeUniversity (Austrália) é especialista em Amamentação pela International Board CertifiedLactationConsultant (IBCLC) e também atua como docente, vice-chefe do Departamento de Enfermagem na Saúde da Mulher da Escola Paulista de Enfermagem (EPE / UNIFESP). O link para acesso

Já na quinta-feira (05/08), o público pode acompanhar duas palestras. A primeira, às 10h, com o tema “Retornei ao trabalho e agora? Como manter a amamentação?”com a Dra. Nerli Pascoal Andreazza. O acesso se dará pelo link . Já às 14h, a enfermeira obstétrica Cintia Ribeiro Santos fará a apresentação “Por que realizar a proteção ao aleitamento materno?”. Para participar, basta clicar aqui 

O ciclo de palestras encerra na sexta-feira (06/08), com o tema “O papel do profissional de Saúde no apoio ao Aleitamento Materno”, ministrado pela enfermeira Celina Valderez Feijó Köhler. O acesso ocorre às 14h, no link 

Alimento personalizado

O leite materno é considerado alimento padrão ouro, já que é personalizado e contém todos os nutrientes necessários e os fatores de proteção para o bebê. Para a nutricionista da rede municipal de Diadema, Cláudia Novaes, a amamentação é um dos melhores investimentos para salvar vidas e melhorar a saúde. “O aleitamento contribui para a formação e o desenvolvimento do bebê. É o contato pele a pele fundamental do ponto de vista da nutrição, com todos nutrientes e na quantidade recomendada. Favorece o vínculo entre mãe e bebê e contribui para a redução das taxas de morbimortalidade infantil, pois crianças que são aleitadas adoecem menos (o leite fornece anticorpos). E é importante que a mulher se sinta apoiada na decisão de amamentar, tanto pelo companheiro, pela família, profissionais da saúde e toda a sociedade”, explica Claudia dos reis Lisboa Novaes.

SMAM

A Semana Mundial de Aleitamento Materno, celebrada entre 1 e 7 de agosto, é um evento realizado em mais de  150 países em comemoração à Declaração de Innocenti de 1990, por iniciativa da World Alliance for Breastfeeding Action (WABA) – Aliança Mundial para Ação em Aleitamento Materno.

Comente aqui