Data: 14/07/2021 09:14 / Autor: Redação / Fonte: BRK Ambiental

Conheça a importância do descarte correto do lixo eletrônico

Descarte correto pode contribuir com a preservação da saúde e do meio ambiente


Crédito: Semasa

Você se lembra de ter descartado pilhas, celulares, computadores, baterias ou outros tipos de equipamentos elétricos e eletrônicos nos últimos anos? Classificados como lixo eletrônico ou “e-lixo”, esses equipamentos deixam de funcionar e precisam ser descartados após algum tempo de uso. Porém, alguns desses itens possuem componentes com substâncias tóxicas em altas concentrações e, quando descartados de forma incorreta e em contato com a natureza, podem liberar metais pesados e danosos ao meio ambiente, por exemplo, o chumbo. Vale reforçar ainda que as tubulações de esgoto também não são adequadas para o descarte do lixo eletrônico ou de qualquer tipo de lixo.

A BRK Ambiental, concessionária responsável pelo serviço de esgoto em Mauá, incentiva a importância do descarte correto destes materiais e alerta também sobre os malefícios aos seres humanos, caso tenham contato direto com estas substâncias.

De acordo com a responsável pela área de saúde da BRK Ambiental em Mauá, Marli França, o descarte incorreto de material eletrônico resulta em danos à saúde pública devido às substâncias tóxicas liberadas, contaminando solos e lençóis freáticos.

“Além de danos ao meio ambiente, precisamos ter cuidado ao manusear, por exemplo, uma pilha, que contém líquido interno. Autoridades de saúde recomendam nunca entrar em contato com este líquido em caso de vazamentos. Caso aconteça contato com os olhos, procure imediatamente um médico”, ressalta Marli.

Paralelo a isso, existe um problema grave, que é a falta de reciclagem ou reaproveitamento dos produtos descartados.

A reciclagem de lixo eletrônico ainda é feita em pequena escala, mas é preciso tomar cuidado com ela. Afinal, itens como pilhas, baterias e computadores em desuso não devem ser descartados sem critério. Isso porque, durante a sua decomposição, há formação de substâncias tóxicas que podem causar riscos à saúde e ao meio ambiente.

Para fazer a sua parte, os itens que não têm mais utilidade podem ser entregues em postos de coleta ou nas lojas que comercializam produtos eletrônicos. Nesse caso, os materiais serão devolvidos aos fabricantes, que darão a destinação correta a esse tipo de resíduo.

Pequenas mudanças de hábitos no dia a dia contribuem positivamente para a preservação do meio ambiente e o bom funcionamento dos sistemas de saneamento básico da cidade.

Comente aqui