Data: 29/11/2021 17:54 / Autor: Redação / Fonte: Projeto Muros na Mata Atlântica

Mauá recebe o projeto nacional Muros na Mata Atlântica

Cidade ganhará painel multicolorido, assinado pelo muralista Filiage, celebrando a biodiversidade da Mata Atlântica


Crédito: Divulgação

Situada no ABC Paulista, Mauá é uma das dez cidades brasileiras a ser presenteada com um mural multicolorido, assinado pelo artista plástico Filiage, como parte do Projeto Muros na Mata Atlântica, concebido com a proposta de trazer a exuberância da natureza para o espaço urbano das metrópoles.

Em Mauá, o painel de aproximadamente 30 metros quadrados será pintado a partir do dia 29 de novembro, em duas paredes do CEU - Centro de Artes e Esportes Unificados, localizado na Rua América do Norte, 17, Parque das Américas. A previsão é a de que a obra esteja concluída até a primeira semana de dezembro, dependendo das condições climáticas.

Viabilizado pela Lei de Incentivo à Cultura, do Ministério do Turismo – Secretaria Especial da Cultura, Muros na Mata Atlântica tem o patrocínio da AkzoNobel, por meio da Coral e do movimento Tudo de Cor, iniciativa sociocultural sustentável do grupo para o fomento de ações voltadas a colorir e restaurar áreas urbanas. A produção executiva do projeto é da Track Comunicação e Eventos, de Campinas, com parceria da Secretaria de Cultura e Juventude da Prefeitura Municipal de Mauá.

“O propósito do projeto é presentear as comunidades com murais que, além de valorizar e impactar o entorno das áreas onde serão pintados, celebram a biodiversidade, animal e vegetal, e chamam a atenção para a urgência de preservação do que resta de Mata Atlântica”, afirma Filiage.

Para Elaine Poço, diretora de Pesquisa & Desenvolvimento e Sustentabilidade da AkzoNobel para a América do Sul, a iniciativa está totalmente alinhada ao nosso Movimento Tudo de Cor, que ao longo de mais de 10 anos de história já entregou mais de 2 mil projetos, com 17 mil imóveis renovados, 5,5 mil pintores formados e 1,1 milhão de litros de tinta utilizados.

“O apoio ao projeto está em consonância com o nosso compromisso com a sustentabilidade, com a valorização das manifestações artístico-culturais e com o incentivo de ações que buscam contribuir para a revitalização do espaço social e para impactar positivamente a vida das pessoas”, afirma.

Além de colorir os espaços públicos e empoderar as pessoas, a AkzoNobel também está comprometida em reduzir seu impacto no planeta. Um exemplo é a Reserva Coral Tangará, localizada no entorno da unidade da companhia na mesma cidade, que faz parte de um projeto da empresa em aumentar a conservação ambiental e restabelecer a vegetação original da Mata Atlântica. Com 700 mil m2, a área corresponde a quase 10% da mata nativa do município.

Comente aqui