Data: 29/07/2021 19:39 / Autor: Redação / Fonte: Prefeitura de São Bernardo do Campo

Força-tarefa de São Bernardo aborda 121 moradores de rua na madrugada mais fria do ano

Seis moradores foram encaminhados de forma coercitiva, uma vez que apresentaram quadro delicado de saúde; medida recebeu aval da Justiça na noite desta quarta-feira (28/07)


Crédito: Divulgação / PMSBC

A Prefeitura de São Bernardo organizou força-tarefa, formada por profissionais das Secretarias de Assistência Social, Saúde e Segurança Urbana, para direcionar pessoas em situação de rua para os albergues municipais neste período de frente fria, mesmo diante de recusa. A primeira ação, que ocorreu nesta madrugada (29/07), abordou 121 moradores de rua. Deste total, 29 foram encaminhados para os abrigos, sendo seis de forma coercitiva, uma vez que apresentaram quadro delicado de saúde.

A medida que visa proteger a vida dos moradores de rua no período de baixas temperaturas recebeu aval da Justiça na noite desta quarta-feira (28/07). Outros dois moradores de rua foram levados ao Centro de Atenção Psicossocial (Caps) e um à Unidade de Pronto-Atendimento (UPA).

“Embora a medida tenha sido dura, a juíza Ida Inês Del Cid, da 2ª Vara da Fazenda Pública de São Bernardo, entendeu a urgência do ato, deferindo nossa ação. O objetivo desta medida é proteger vidas e evitar óbitos entre esse público, que é de altíssima vulnerabilidade social, nestes dias de baixa temperatura”, afirmou o prefeito Orlando Morando.

Mesmo assim, houve recusas para ir ao albergue. Então, a força-tarefa da Prefeitura entregou cobertores para que eles passassem a noite, pois só é levado de forma coercitiva quem é considerado altamente vulnerável às baixas temperaturas, após a avaliação das equipes de Saúde.

Comente aqui