Data: 08/12/2021 13:49 / Autor: Andréa Brock / Fonte: ABCdoABC

Tite Campanella faz balanço de suas atividades frente à Prefeitura de São Caetano

Exibindo bom humor e tranquilidade, Tite falou sobre obras, pandemia, retomada do desenvolvimento econômico, ações sociais, Câmara Municipal, política e sua aliança com Auricchio


O prefeito interino de São Caetano, Tite Campanella, realizou na manhã de hoje, 8 de dezembro, quarta-feira, uma coletiva de imprensa para fazer um balanço de sua gestão frente à Prefeitura e para lançar a campanha “São Caetano, cidade que não para e caminha junto com sua gente”.

Tite começou a coletiva explicando que a pandemia registrou queda de receita na cidade, porém a saúde financeira do município não se encontra prejudicada. “Retornamos obras e temos investido na saúde das crianças e dos adultos. Sofremos muito na pandemia justamente pelo fato de nossa cidade ter um grande percentual de idosos, mas agora estamos com 5% de nossa enfermaria com casos de Covid”, afirmou o prefeito que espera que 2022 seja um ano de crescimento da economia e superação da crise.

O prefeito interino elogiou o trabalho da Câmara Municipal e afirmou que a oposição na cidade se “perdeu um pouco”, ao citar que durante o ano vereadores e membros da oposição soltaram “denúncias sem sentido” na cidade.

Auricchio: aliado de primeira mão do prefeito José Auricchio Júnior, Tite falou sobre a expectativa de validação dos 42,8 mil votos que deram vitória à chapa encabeçada pelo candidato tucano José Auricchio Júnior na disputa pela Prefeitura de São Caetano do Sul de 2020, cujo resultado ainda se encontra sub judice. Para ele, o que está acontecendo em São Caetano é um retrato jurídico do Brasil. “Estão discutindo agora o caso da boate Kiss”, citou Tite referindo-se à morosidade do sistema judiciário. O prefeito interino afirmou ser incoerente o fato de Auricchio ter legenda, ser candidato, vencer e não ser diplomado.

Questionado se será um candidato natural do grupo nas próximas eleições para prefeito, Tite afirmou que ainda não existe essa conversa. “Sabemos que temos que manter a unidade do grupo, mas não temos discutido ainda qual nome irá para a disputa. Ainda é muito cedo para essa discussão “.

Coletiva de imprensa no CECAPE
Coletiva de imprensa no CECAPE

Crédito: Odair Junior/ABCdoABC

Comente aqui