Data: 25/10/2021 19:49 / Autor: Redação / Fonte: USCS

USCS assina convênio de Apoio Contábil e Fiscal

Os alunos serão beneficiados com o convênio de diversas formas


Crédito: Divulgação

A Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS) assinou, nesta segunda-feira (25), o Convênio NAF Núcleo de Apoio Contábil e Fiscal. A cerimônia aconteceu no campus Barcelona. O Núcleo de Apoio Contábil e Fiscal – NAF é um projeto desenvolvido pela Receita Federal (RFB) em parceria com Instituições de ensino, cujo objetivo é fornecer serviços contábeis e fiscais gratuitos para pessoas físicas e jurídicas de menor poder aquisitivo.

“A assinatura do Acordo de Cooperação entre a USCS-Universidade Municipal de São Caetano do Sul e a Secretaria Especial da Receita Federal do Brasil – (RFB) é muito importante pois tem por objetivo aprofundar a interação da USCS com seus stakeholders com relação ao tema de educação tributária, fiscal e contábil”, afirma o Prof. Dr. Lucio Flavio Franco, gestor do curso de Ciências Contábeis da USCS.

De acordo com o professor Franco, o NAF deve promover uma maior interação entre RFB, a USCS, alunos e sociedade, propiciando por meio da cooperação mútua, a qualificação de futuros profissionais contábeis e a prestação de serviços fiscais aos contribuintes hipossuficientes com vistas ao fortalecimento da Imagem de ambos perante a sociedade e ao desenvolvimento do moral tributário e cidadania. “Nesse ambiente NAF – USCS os nossos alunos terão oportunidade de vivenciarem experiências reais na área contábil e fiscal”.

Os alunos serão beneficiados com o convênio de diversas formas, como proporcionar a formação sobre função social dos tributos e dos direitos e deveres associados à tributação; melhor qualificação do futuro profissional contábil por meio de uma vivência prática, proporcionando a aplicação do aprendizado acadêmico, assim como a geração de conhecimento acerca das obrigações tributárias por meio, por exemplo, de discussões, criação de palestras, grupos de estudos, treinamentos e visitas guiadas a RFB. “Também como benefício direto, disponibilizar orientação contábil e fiscal pelos estudantes de contabilidade a pessoas físicas de baixa renda, bem como microempresas, microempreendedores individuais e entidades sem fins lucrativos”, explica o professor.

Comente aqui